Guia de Vida Natural
Nutrição de Verdade

Alimentos Naturais que Aumentam a Saciedade

Sabe quando você acha que comeu “bem”, mas minutos depois já está com fome de novo? Se você é fã de produtos refinados como biscoitos, pão francês, macarrão feito com farinha branca (e por aí vai), já deve ter visto esse filme um milhão de vezes! E o pior é que, além de não nutrirem o corpo, esses produtos fazem a gente sentir fome antes da hora, e de brinde, ainda trazem uns quilinhos-extra que logo apontam na balança. Quer saber como resolver isso? Fique de olho nesses alimentos naturais que que deixam satisfeito de verdade e ajudam a manter o peso em dia.

1 - Aveia: por ser rica em fibras, ela diminui a velocidade de digestão, fazendo com que a fome demore mais para voltar. Além disso, elas ajudam a diminuir a absorção de açúcar e gordura no nosso organismo, o que também é muito bom pra quem deseja “fazer as pazes com a balança”;

2 - Arroz Integral: contém triptofano, um aminoácido que ajuda na produção da serotonina (responsável pela nossa sensação de bem-estar e pelo controle da compulsão por comida);

3 - Linhaça: ela aumenta o tempo em que os alimentos permanecem no estômago, pois absorve água e forma um “gel” que dá a sensação de saciedade. Também é fonte de ômega-3, um antiinflamatório natural, que ajuda a reduzir gorduras “inflamatórias” do corpo, como a da região da barriga. Dica: 1 parte de linhaça triturada + 1 parte de fibra de trigo + 1 parte de gergelim triturado; polvilhe 1 a 3 colheres (sopa) dessa mistura em saladas, sucos, vitaminas etc (pode guardar tudo em um pote e usar por até 3 semanas);

4 - Folhas verde-escuras: esse time é campeão, pois além de ricas em fibras, elas fazem com que a gente mastigue mais e coma menos. Não deixe que elas fiquem de fora do almoço nem do jantar. E uma dica sustentável é: não desperdice os talos e as folhas dos vegetais; além de ajudar o meio ambiente, você ganha uma dose extra de nutrientes e fibras;

5 - Castanha do Pará: por estar repleta de gorduras de boa qualidade, ela ajuda a matar aquela fominha que dá nos intervalos das refeições. Por também ser rica em selênio, ajuda a tireóide (glândula que controla o metabolismo e o peso) a funcionar bem.

E cá entre nós, a gente não pode deixar de dizer que comer esses alimentos não é tudo na hora de controlar a saciedade e o peso. Alguns detalhes fazem toda a diferença, como por exemplo, comer a cada 3 horas. Sem isso, o metabolismo fica lento e a fome vem dobrada na refeição seguinte. Resultado? Mais comida no prato e mais peso na balança...


rodapeIMG