Guia de Vida Natural
Nutrição de Verdade

Alimentação Orgânica

 

 

Hoje em dia se fala muito sobre alimentação orgânica, mas é tanta informação que às vezes fica difícil de saber se o que é verdade e o que não é. Por isso resolvemos bater esse papinho rápido com você sobre essa tendência mundial da alimentação.

 

 

ORGÂNICO: esse é o nome que se dá pra todo produto feito com matéria-prima ecologicamente correta. Mas como a nossa conversa agora é sobre alimentação, vale saber que os alimentos orgânicos:


NÃO RECEBEM "AGROTÓXICOS" que são os defensivos agrícolas usados pra matar pragas e pestes durante o cultivo, ao mesmo tempo em que poluem o ambiente e fazem mal à saúde;


RESPONSABILIDADE SOCIAL E COM O MEIO AMBIENTE
- são produzidos com cuidado de preservar a fauna e a flora naturais do local, além de garantir os direitos do trabalhador do campo;


SELO DE GARANTIA
- os produtos orgânicos trazem na embalagem esse selo "orgânico" do Ministério da Agricultura. É a garantia ao consumidor de que o produto é fiscalizado por empresas certificadoras, que controlam a produção para garantir que o produto seja realmente orgânico. Dê uma olhada no selo que você encontra nas embalagens dos produtos orgânicos:

(selo "Orgânico" de garantia)

 

Agora vamos ver um pouco das vantagens dos orgânicos em relação aos convencionais. Está comprovado que os orgânicos são muito mais nutritivos porque:

 

1 - FARTURA DE NUTRIENTES: os orgânicos têm mais vitaminas, minerais e outros nutrientes. Em outras palavras, isso significa dar melhores condições para o corpo manter as defesas em dia, diminuir o risco de gripes, infecções e outras doenças, além de dar aquela disposição;

 

2 - SABOR À TODA PROVA: por concentrarem menos água, o sabor dos orgânicos também tende a ser mais intenso e agradável do que o dos convencionais;

 

3 - AJUDAM A TE MANTER LONGE DA FARMÁCIA: e agora vale entrar em um assunto que muita gente ainda não conhece. O Brasil está quase no topo do ranking dos países com maior uso de agrotóxicos no mundo todo. Para você ter uma ideia de como isso é grave, na década de 80 esses agroquímicos já eram responsáveis por mais de 30% dos casos de câncer nos Estados Unidos, e olha que de lá pra cá o uso dessas substâncias aumentou muito, lá nos EUA e muito mais aqui no Brasil... Deu pra perceber o quanto é importante evitar o excesso de alimentos com agroquímicos, certo?

 

4 - CRIANÇA CRESCENDO FORTE E SAUDÁVEL: estudos mostram que crianças que comem alimentos orgânicos acumulam menos toxinas no corpo, o que na prática representa melhor crescimento e desenvolvimento, além, é claro das maiores chances de permanecerem mais saudáveis na vida adulta;

 

5 - ÓTIMOS PRA DESINTOXICAR O CORPO: pra quem quer aliviar o organismo da sobrecarga de toxinas que acumulamos ao longo dos anos com os produtos artificiais (com aditivos como corantes, conservantes, aromatizantes artificiais) e com contaminantes presentes na água, nos plásticos e nos alimentos convencionais.

 

E agora que tal começar a colocar os orgânicos no seu dia-a-dia? Então vamos lá: primeiro, a gente não pode se esquecer de que, para ter mais saúde, não é preciso ser radical. Você pode aos poucos começar a substituir as opções convencionais pelas orgânicas (como frutas, ou mesmo biscoitos convencionais por cookies orgânicos, grãos como arroz, soja ou feijão convencionais pelas versões orgânicas, e por aí vai). Para mais dicas de opções orgânicas, clique aqui.


rodapeIMG